Para quem gosta do sedã médio, mas queria um desempenho mais parecido com o do primo Golf GTI, a Volkswagen oferece agora a versão GLI. Importada do México, a opção tem o mesmo motor 2.0 TSI (turbo e injeção direta), que gera 230cv; câmbio DSG de dupla embreagem e seis marchas; roupagem esportiva e um pacote bem amplo de tecnologias de segurança e de assistência à condução. O Jetta GLI acelera de 0 a 100km/h em apenas 6,8 segundos.

 

Jetta GLI 1

 

Já que se trata de uma opção esportiva, por que a VW não chamou a versão de GTI? A resposta é que a sigla GTI é utilizada exclusivamente para modelos hatchs ao redor do mundo. Por outro lado, a nomenclatura GLI (Gran Luxury Injection) nasceu na década de 1980, nos Estados Unidos, como parte da estratégia de esportivos da Volkswagen no mundo, e se refere aos modelos de topo de gama, trazendo o apelo dos modelos GTI à classe mais elegante dos sedãs.

A saia que abaixa

Por fora, a GLI se destaca pelas saias laterais e spoilers, que dão ao sedã uma aparência mais baixa; as rodas de liga de 18 polegadas com estilo dinâmico, calçadas com pneus de perfil mais baixo (225/45 R18); grade dianteira com elementos em formato de colmeia e um friso horizontal na cor vermelha na parte de baixo e uma barra na cor preta na parte de cima, unindo os faróis; faróis Full LED com desenho exclusivo; discreto aerofólio na tampa traseira, saída dupla de escape e pinças de freio dianteiras na cor vermelha.

 

Jetta GLI 3

 

Já o interior do Jetta GLI é marcado pela predominância da cor escura, presente na forração do teto, colunas, laterais das portas, painel e bancos. O tom escuro deixa em evidência os elementos cromados do volante (o mesmo do GTI, com base reta), capas dos pedais e soleiras de porta; e os detalhes em vermelho, presentes nas costuras do banco, no volante e nos tapetes. No porta-malas, cabem 510 litros. O pacote de segurança inclui seis airbags.

Leia também: http://www.aceleraai.com.br/2019/05/volkswagen-jetta-r-line/

 

Jetta GLI 7

 

A versão esportiva do Jetta é equipada com o mesmo conjunto motor/câmbio do Golf GTI: 2.0 TSI, que gera 230cv de potência e 35,7kgfm de torque; e câmbio DSG de dupla embreagem e seis marchas. Com essa dupla, o Jetta GLI acelera de 0 a 100km/h em apenas 6,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 250km/h. Completam a receita esportiva a direção progressiva e a suspensão independente nas quatro rodas.

 

Jetta GLI 4

 

Com relação à tecnologia, destaques para o quadro de instrumentos digital configurável (Active Info Display), o controlador automático de velocidade (ACC), o Front Assist com função City Emergency Brake, Sistema de Frenagem Pós-Colisão (evita uma segunda batida em caso de acidente) e regulagem automática do farol alto (evita a perigosa “guerra dos faróis”).

Quatro tipos de Jetta

Outro item interessante é a Seleção do Modo de Direção, que inclui quatro opções: “Eco”, que privilegia a economia de combustível, “Normal”, que mantém os ajustes de fábrica, “Sport”, para uma condução mais esportiva, e “Individual”, no qual é possível ajustar os parâmetros de direção, transmissão e outros assistentes de condução da forma que o condutor preferir.

Leia também: http://www.aceleraai.com.br/2019/04/tiguan-allspace-r-line/

 

Jetta GLI 9

 

O som do Jetta GLI também é um capítulo à parte. Produzido pela Beats, ele tem 300 Watts de potência, amplificador digital de oito canais, quatro alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer com ajustes especiais. A versão esportiva do sedã custa R$ 144.990 e os únicos opcionais são teto solar (R$ 4.990) e pintura Cinza Chumbo (R$ 1.500).

Texto: Eduardo Aquino

Fotos: Volkswagen/Divulgação

 

⇒ VOCÊ E O ACELERA AÍ
Dicas e sugestões: redacao@aceleraai.com.br
Visite e curta a fanpage do Acelera Aí (www.facebook.com/aceleraai/)
Instagram/@aceleraaibh
Você também pode acessar o conteúdo pelo www.bhaz.com.br
Os editores do Acelera Aí apresentam a coluna Acelera BandNews, na Rádio BandNews FM BH (89,5). Ouça também através da fanpage @radiobandnews